Saiba do que você precisa para acessar a internet pelo seu portátil

setembro 8th, 2011 by Redação Ultraguide

O que você precisa para conseguir acessar a internet de um portátil.

Sem acesso à internet, os portáteis são praticamente pesos de papel.

Por Rodrigo Martin
Ilustrações Suryara Bernardi

O uso crescente de portáteis como tablets e notebooks levou à adoção em massa do compartilhamento de internet e de rede. Já abordamos o assunto em edições passadas do Ultraguide, mas sendo este um tema tão pertinente, merece um pouquinho de atenção por aqui também.

Se você decidiu ter um portátil consigo, invista também em um roteador de acesso sem fio, equipamento que permite distribuir a internet por cada computador (também tablets e alguns celulares) e integra sob uma mesma rede todos os seus equipamentos. Sem acesso, um netbook ou tablet tem valor pouco maior que o de um peso para papel. Para aprender a configurar uma rede sem fio e acessar a internet a partir dela, recorra ao material da edição de Redes e Internet (publicada em junho de 2011), que pode ser lido gratuitamente online e esclarece as principais dúvidas de configuração.

Outra opção pertinente – e muitas vezes necessária para quem utilizará o computador em trânsito – é o uso de conexões 3G (abaixo você lê alguns dos cuidados necessários antes de contratar um desses planos de acesso).

Existente em alguns modelos de computadores portáteis e amplamente utilizada por tablets, essa tecnologia permite conexão à internet em lugares em que uma conexão sem fio não esteja disponível.

Determinados dispositivos já possuem placa 3G embutida. Porém, o mais simples nos caso de notebooks e netbooks é o uso de um modem externo que, plugado à porta USB do computador, permite receber o sinal de telefonia celular e viabiliza o acesso.

Para quem possui mais de um notebook, existe ainda a opção de usar um roteador 3G, que faz a divisão do sinal entre as máquinas como um roteador Wi-Fi. Uma busca rápida na internet por “roteador 3G” retorna diversas opções em grandes lojas virtuais, logo, encontrá-los não será problema.

Vale lembrar, porém, que o sinal do 3G costuma ser um pouco inferior ao sinal oferecido por alguns provedores de banda larga. Sendo assim, é importante que você tenha em mente que, ao distribuir o acesso entre máquinas simultaneamente, a velocidade de acesso cairá e pode tornar a experiência online frustrante – ou até mesmo impraticável.

O que você precisa saber sobre conexão 3G

Providas por operadoras de telefonia celular, as redes 3G não são tão rápidas e eficientes como uma conexão sem fio. Lembre-se de que, por ser um serviço celular, você estará sujeito à cobertura local da operadora contratada pelo usuário.

Nos grandes centros urbanos, como capitais, a cobertura é melhor que em algumas pequenas cidades de interior, mas não é incomum ver a queda de sinais em determinados pontos. Fique de olho e converse com amigos antes de contratar um plano.

Ao contratar um plano 3G na maioria das vezes você estará sujeito à franquia de dados, prática comum. Desse modo, atenção: deixe para fazer download de arquivos pesados e assistir a vídeos na internet apenas quando estiver sob uma rede Wi-Fi, assim você poupa sua conexão e evita o recebimento de tarifas exorbitantes na fatura do mês.

Outra observação pertinente é o roaming de dados, um perigo para o bolso dos usuários. Assim como ligações realizadas em outras cidades, estados ou países, o uso da rede de dados também agrega custo extra. Se você planeja muitas viagens, converse com a operadora antes da contratação para conhecer as condições de uso e evitar surpresas desagradáveis quando a conta chegar na sua casa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>