Conheça quais são tipos de câmera, amadoras ou profissionais

julho 13th, 2011 by Redação Ultraguide

Veja qual você precisa!

Por Rodrigo Martin
Ilustrações Suryara Bernardi

Digitais compactas

As câmeras compactas são voltadas para o público amador, ou ainda servem como opção secundária para o fotógrafo entusiasta que já possui um modelo maior. São câmeras que primam pela facilidade de uso, podem ser carregadas no bolso e possuem lentes simples, que não podem ser trocadas. São as mais fáceis na hora de compor imagens, já que apresentam modos pré-programados para diferentes tipos de foto. Mas para quem já entende de fotografia e gosta de explorar o modo manual da câmera, elas podem ser uma séria limitação.

DSLR

A versão digital das câmeras manuais Reflex é bastante popular entre os entusiastas mais experientes, mas assusta o público amador com preços muito mais altos. Em troca, oferece a possibilidade de trocar as lentes (lembrando que boas lentes podem ter preços superiores aos da própria câmera) para diferentes tipos de fotos, e operar no modo manual, recurso capaz de render fotos diferentes e belíssimas para quem souber usá-la de acordo. Não podem ser carregadas no bolso, são mais pesadas e chamam mais a atenção.

Celulares

Os celulares revolucionaram o mercado de fotografia digital. Hoje, quase qualquer celular é capaz de fotografar e embora a qualidade das câmeras dos celulares de antigamente fosse um tanto capenga, hoje os sensores estão melhores e mais compactos, e alguns modelos de smartphones já vêm com câmeras que não ficam devendo quase nada às compactas. Como ponto adicional positivo, existem infinidades de aplicativos portáteis para aproveitar melhor a fotografia nos celulares.

Preciso de uma filmadora digital?

Praticamente todas as câmeras (principalmente as compactas) são capazes de realizar filmagens.

Excluem-se dessa lista muitos modelos de câmeras profissionais. O problema é que mesmo os equipamentos mais modernos de fotografia, capazes de filmar em alta definição, pecam em pontos importantes que inviabilizam seu uso para quem leva a gravação de vídeos a sério.

Entre os problemas está o fato de que as câmeras fotográficas possuem, normalmente, microfones pouco poderosos e nenhuma entrada para recepção auxiliar de áudio, o que inviabiliza o uso para quem busca, também, qualidade do som.

Logicamente, se o que você quer é apenas filmar seu gato caindo da pia, a hora do parabéns do aniversário da Tia Lourdes, ou uma rápida imagem de algum ponto turístico que você visitou nas férias, não há necessidade de investir numa câmera filmadora digital.

Mas se, ao contrário, você deseja produzir vídeos mais elaborados, filmar curtas-metragens ou até mesmo investir em uma carreira de cineasta amador, avalie a compra de uma câmera dedicada à filmagem: os resultados são muito melhores.

Formatos de arquivos

JPEG

O formato universal para fotografia digital. Pode ser aberto por qualquer computador e praticamente qualquer dispositivo, de porta-retrato a celulares. Todas as câmeras digitais geram arquivos JPEG – também chamado JPG – que são comprimidos e podem ser transmitidos pela internet sem pesar na conexão.

RAW

Existente apenas em câmeras de recursos profissionais – e poucas compactas – o formato RAW traz a imagem como foi realmente capturada pela câmera, sem nenhuma compressão. Padrão de arquivo ótimo para quem entende de edição e imagem, mas não pode ser visto – ou editado – sem a ajuda de aplicativos específicos para edição fotográfica.

Vídeo digital

Os padrões para foto, como dissemos, costumam ser respeitados. Não se pode dizer o mesmo dos vídeos, que usam diferentes formatos e, para piorar, pequenos programas de compactação chamados codecs. Câmeras compactas costumam gerar vídeos em AVI, enquanto filmadoras dedicadas trabalham com arquivos DV.

Conversão

Quando falamos de formatos de vídeo e fotografia, precisamos falar também de conversão. A conversão se faz necessária para que um arquivo seja lido por um software específico, ou ainda possa ser interpretado por algum aparelho portátil. Para tentar dininuir as dúvidas, damos uma rápida pincelada no tema na página 37.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>